Envio de Mensagens

Contacte-nos se pretende alguma informação sobre o Rabaçal ou outro assunto relacionado com este sítio. Também gostaríamos de ter a sua opinião. Até breve...






Facebook Comentários


Vias Romanas de Portugal Versão para impressão Enviar por E-mail

MILIARIO *

 

 

Presentemente, é o miliário mais antigo entre todos os encontrados nesta área.

É feito de calcário local, brando e oolítico, extraído na zona das Malhadas, na Serra do Sicó.

Provém do lugar dos Tamazinhos, situado na margem direita da ribeira do Carálio Seco, sendo que a villa romana do Rabaçal se encon­tra do lado oposto, ou seja, a poente do vale (Mantas, 1985).

Apresenta forma aproximadamente cilíndrica (405 x 40 cm), quase quadrangular na metade inferior (dotada de uma espécie de pedúnculo para facilitar a fixação). Exibe texto, totalizando dez linhas de letra lavrada a fino cinzel. Espelha bem os sulcos rasgados pela grelha do arado arcaico no trabalho da terra; foi encontrado no troço da estrada entre Santarém (Scallabis) e Coimbra (Aeminium).

Data de 250 d.C. e honra o enérgico imperador Décio, nascido na Panónia (actual Áustria e Hungria). Este passou o seu curto reinado em luta contra os bárbaros na fronteira norte do império. Foi autor de rigoro­sas perseguições contra os cristãos onde, entre outros, perdeu a vida o Papa Fabiano. O miliário honra, ainda, os seus dois filhos Herénio e Hostiliano.

Pontua na estrada imperial a distância de 8 milhas (cerca de 12 Km - cada milha equivale a mil passos e cada passo, ou deslocação das duas pernas, a 147,87 cm) que ainda falta cobrir para chegar até à cidade caput viae de Conímbriga. Esta estrada pública ligava também aos cami­nhos vicinais e infestos, e era servida de estalagens (mansiones) e esta­ções de muda (mutationes). Naquela cidade entroncava com esta via uma outra estrada principal que, pela faixa costeira, partindo de Lisboa (Olisipo), ligava aos municípios romanos entre o Tejo e o Mondego.

É, cumulativamente, um marco de continuidade que faz deste vale do Rabaçal um lugar preferido de passagem que vem da proto-história e se estende praticamente até aos nossos dias. A este vale do Rabaçal se referem muitos documentos que nos chegam desde a Idade Média e. mais tarde, referem-se-lhes os ilustradores de Cosme de Medíeis, as Memórias Paroquiais de 1758, os assentos da Casa do Cadaval, os cartó­grafos reais, as posturas municipais oitocentistas, Camilo Castelo Branco, Fernando Namora e Salvador Dias Arnaut. De realçar que, por aqui passavam os peregrinos com destino a Santiago de Compostela e o próprio orago da igreja do Rabaçal, Sta Maria Madalena, padroeira dos fabricantes de perfumes, pode remeter-nos, simbolicamente, para a higiene e descanso dos viajantes nas estalagens que serviam a estrada romana, mais tarde e ainda hoje conhecida por "estrada real", denomi­nação esta bem ilustrativa da importância desta via.

 

Texto e tradução segundo Vasco Mantas (1985)

 

[IMP(eratori)C]AES(ari)G(aio)MESS(io)/

[Q(uinto) TRAIA]NO DEC(io) P(io) F(elice) AV[G(usto)] /

[P(ontifici) M(aximo)] T(ribunicia) P(otestate) III

P(atri) P(atriae) P(io) F(elici) (P)ROC[o(n)S(uli)] /

[Q(intus)] HERENNIVS /

[ETR]VSC(us) MESS(ius) DECI[VS] /

[N]OBILISSIMVS CAE[S(ar)] /

[ET G(aius) VAL]EN[S HOSTILIANVS] /

[MES]S(ius) QVINTVS N[O /

BILISSI]MVS CAES(ar) /

M(illia) VIII

  

 

Ao Imperador César Gaio Mécio Quinto Trajano Décio Pio Félix Augusto, Pontífice Máximo, no seu terceiro poder tribunício, Pai da Pátria, Pio Félix, procônsul, Quinto Herénio Etrusco Mécio Décio, mui nobre César, e Gaio Valente Hostiliano Mécio Quinto, mui nobre César. Oito milhas.

 

* Doado por Kees e Maria Isabel Alçada Koenders

  

Todos os caminhos vão dar a Roma **

 

"Todos os caminhos vão dar a Roma"      português

"Tutte lê strade portano a Roma"            italiano

"Tous lês chemins mènent à Rome"        francês

"Alie Wege fúhren nach Rom"                 alemão

"Ali roads lead to Rome"                        inglês

"Todos los caminos llevan a Roma"         castelhano

"Pob heolydd dod at Rhufain"                 galês

"Tots els camins menen a Roma"            catalão

"Todos los caminos Ihiêban a Roma"       mirandês

"Tolos caminos empobinense a Roma"    asturiano

"Biitúnyollar Romaya çikar"                    turco

"Toate drumurile duc Ia Roma"              romeno

"Alie Wegen leiden tot Rome"                holandês

 "Bidé guztiak Romara daramate"           euskera (basco)

"Tha a h-uile rathad a dol du Roimh"      escocês

"Itinera omnia Romam petunt"               latim

"Kullut-turuk tu-addi-ila Ruma"              árabe

                            كل الطرق تؤدي الى روما            árabe   

Όλοι οι δρόμοι οδηγούν στη Ρώμη          Grego

 

  

** Todos os caminhos vão dar a ...

 

Este provérbio faz parte, no tempo presente, da linguagem do dia a dia de muitos povos e culturas, ligados outrora por vias ainda hoje per­ceptíveis.

A táctica da construção das vias terrestres, bem como de portos, exe­cução de mapas portulanos e edição de literatura de viagem, que facili­taram as comunicações por via marítima e fluvial na Antiguidade, tinham permitido a estratégia de ligação a todo o império, do ponto de vista administrativo, político e económico, com reflexos evidentes nos modelos culturais patentes no programa arquitectónico, iconográfico e decorativo dos mosaicos da villa romana do Rabaçal.

O facto do antigo Império romano se ter estendido por áreas longín­quas, que vão da actual Escócia ao Sahara norte-africano e da actual costa atlântica portuguesa ao Próximo Oriente, levou a que as gerações de investigadores, de há um século a esta parte, tenham vindo a respi­gar as heranças comuns em mais de 30 países que aquela área actual­mente engloba. É isto que fazemos também hoje, aqui, no Rabaçal.

 

 

* Miliario exposto no museu do Rabaçal.   

  

Informação Blibliográfica retirada do livro:

"Roteiro, Rabaçal Aldeia Cultural"

Autores:

Miguel Pessoa

Lino Rodrigo

Sandra Steinert Santos

Edição:

Câmara Municipal de Penela

 

 

Visitantes do Site

mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje10
mod_vvisit_counterOntem138
mod_vvisit_counterEsta Semana604
mod_vvisit_counterEste Mês2262
mod_vvisit_counterTodos353743

Visitantes em Linha

Temos 12 visitantes em linha

Copyright © 2017. Jose Gomes - Criado em Joomla e shape5 www.gomitos.com